abreefechakinjoFoi assinado na última quinta-feira, dia 15 de abril de 2021, o contrato de concessão do Mercado Municipal Kinjo Yamato e também do Mercado Municipal Paulistano (Mercadão) à iniciativa privada pelos próximos 25 anos.

Pelo acordo, o consórcio Novo Mercado Municipal - que foi o vencedor da licitação e é composto pelas empresas Brain Realty Consultoria e Participações e pelo Fundo de Investimento Mercado Municipal - deverá investir obrigatoriamente, em até 24 meses a contar do início da concessão, no restauro e na reforma dos dois mercados, em conformidade com as especificações técnicas e exigências de operação e ambientais, bem como as normas vigentes e os órgãos de tombamento.

Transição – A gestão do Kinjo permanecerá com a Prefeitura de São Paulo por 90 dias a partir da data em que for publicada a ordem início da concessão. Esse modelo é necessário para que todo o funcionamento e administração sejam diariamente acompanhados pelo concessionário e, também, para que os permissionários possam assinar os contratos com o novo responsável pela administração.

A expectativa da Acomerky (Associação dos Comerciantes do Mercado Kinjo Yamato) e de todos os comerciantes locais é de que as melhorias possam oferecer mais conforto e segurança aos nossos amigos e clientes, fortalecendo ainda mais a imagem do Kinjo de ser um entreposto completo, com bancas de frutas, legumes e verduras a avícolas, açougues, peixarias, empórios, restaurantes e lanchonetes, entre outros.

Acompanhe as novidades por aqui ou pelas nossas redes sociais Facebook e Instagram!


* Notícia atualizada às 15h30 de 20/04/2021, quando foi inserido trecho sobre a transição, conforme comunicado oficial da Prefeitura.