caju kinjoyamato

Alimento típico do Nordeste brasileiro, o caju é, na realidade, constituído de duas partes: o fruto propriamente dito, que é a famosa castanha de caju, e o que chamamos de "pseudofruto", que é a parte mais carnuda, de coloração que varia entre o amarelo e o vermelho.

Além de ser rica em carboidratos, fibras e minerais como cálcio, fósforo e ferro, a polpa do caju possui grande concentração de vitamina C. Você pode usá-la, por exemplo, no preparo de sucos, sorvetes e compotas.

Já a castanha de caju - que é dura e oleaginosa - é boa fonte de zinco, proteínas, vitamina E e gorduras insaturadas, sendo normalmente indicada para quem deseja potencializar a produção de glóbulos brancos, reduzir o colesterol ruim (LDL) ou manter os níveis do colesterol bom (HDL). 

É muito consumida como petisco (especialmente com sal) e para incrementar pratos doces e salgados.






Banner - Rodapé